27 de junho de 2009

Público lamenta morte precoce

Ariberto Meneghini (49) tinha 14 anos quando comprou o primeiro LP do Jackson Five. Por muito tempo essa foi a trilha sonora das reuniões dançantes que ele, hoje empresário em Cruzeiro do Sul, promovia. “Nas músicas mais lentas tirávamos as moças para dançar”, recorda.

A admiração por Michael Jackson, surgida na juventude, acompanha Meneghini até hoje. Para ele, o músico falecido quinta-feira foi insuperável em sua época. “Ele revolucionou a dança. Misturou o funk com o pop, não ficou em cima de um ritmo só”, define. Na década de 1980, inclusive, tentava imitar os passos do moonwalk - dança criada por Jackson. “Para a gente era um fascínio”, descreve. Tanto que, até hoje, Meneghini prefere assistir aos clipes do que ouvir as músicas.

“Era estranho aquele cara fazendo aqueles movimentos, arrastando os pés com uma caminhada estranha”, relata o radialista Jair Pedrebon, da Sorriso FM, apresentador do programa Túnel do Tempo. Para ele, trata-se de um dos artistas mais influentes dos últimos tempos. “Vai fazer muita falta. Ele se superava a cada ano, era a obsessão dele”, observa.

Pedrebon acredita que a morte precoce pode transformar o cantor em um mito. “Assim que morre um ídolo, sempre tem alguém que vai querer imitá-lo.” O único erro de Jackson, segundo o comunicador, foi ter sido “racista com ele mesmo”.

*Publicado no Informativo

7 comentários:

Marcus Duarte disse...

RACISTA COM ELE MESMO.. EXATAMENTE ISTO.

MAS FOI UM MITO
MORRE MICHAEL, MAS O MITO PERMANECE.

E É COM CERTEZA UM DOS MAIORES DE TODOS OS TEMPOS..

_____
VOU TE SEGUIR.. GOSTEI DO BLOG. ABRAÇO
HTTP://LIMAOOUQUEIJORALADO.BLOGSPOT.COM

Anônimo disse...

O rei do pop pra sempre.........
Quem fez nascer o justin,o chris brown,o usher,o neyo e tantos outros que nunca vaum chegar a seus pehs..........
Falta um simbolo pra geração atual como Mj era.....quem saum os simbolos de hg??Myley cirus e jonas brothers??Agora entendem o q digo
Mj era uma estrela completa......cantava e dançava como ninguem....
Pena que INVENÇÕES sobre pedofilia prejudicaram sua fama.....
Mas sempre vai ser o rei do pop

Marcelo A. disse...

Cara, cresci ao lado de uma irmã que era fã número 1 do Michael, daí, já viu, né?

Fiquei realmente pra baixo com a passagem dele. Tudo bem, vamos combinar: a vida bizarra que ele levou, nos últimos anos... Ninguém merece!

Mas o que fica, é o Michael que revolucionou a música internacional com sua voz, seus passos, sua presença carismática. O resto, deixa pra lá... Me deprime muito!

Seu blog é muito bom! Se puder:

www.marcelo-antunes.blogspot.com

Abração e sucesso!

Anônimo disse...

Como eu keria ke ele siplesmente levantasse do cemiterio e começasse a dançar e cantar thriller pelo menos uma ultima vez!!

Vêh disse...

A morte dele me surpreendeu, e muito!
Ele fez a diferença na musia e realmente era um mito!

Camila Babick disse...

Racista com ele mesmo..
Grande palavras..
Realmente iam de mal a pior com o cantor..
Espero que agora ele descanse..
Mas enfim..
O cantor nunca morrerá..
É um mito..
E sempre será...

Débora disse...

Não tem como negar que ele era incrível! Talento ímpar! Mas também uma pessoa problemática, vítima do próprio sucesso. E claro, do pai que criou um monstro.

Acredito que como ele não há outro.

Débora

http://osenhorpresenteesta.blogspot.com/