6 de maio de 2008

Johnny Rivers em fase jazz

Johnny Rivers sempre foi condenado (injustamente?) por assassinar uma porção de clássicos do rock com suas regravações. Mas as performances mais recentes mostram que sua principal característica, a voz marcante e cheia de melodia, continua – senão a mesma – muito parecida com o que o intérprete fez nos anos 60. Prova disso foi sua apresentação no Programa da Hebe, ontem à noite (Err...não que eu tenha visto, apenas ouvi falar...).

Quem não conhece, terá uma boa oportunidade para descobrir a música de Rivers. No dia 12 de maio, o cantor americano se apresenta em Porto Alegre, no Teatro do Sesi. No set list, ele promete ir além de clássicos como Do You Wanna Dance, Sunny e Baby I Need Your Lovin’. Rivers também pretende apresentar músicas de sua fase jazz (?). “Sou um grande fã de jazz. Gosto de ir aos clubes e ouvir os músicos de jazz. Se escuto algum que gosto muito, o convido para participar do meu álbum, vamos ao meu estúdio e trabalhamos. Está sendo um projeto muito legal para mim”, revelou à Reuters.

“Vou tocar umas duas novas do meu novo CD que estou trabalhando no momento e, claro, os velhos hits. Vou tocar também aquelas que foram grandes sucessos só aí no Brasil", disse Rivers, referindo-se a It’s Too Late e Do You Wanna Dance. A turnê marca o retorno aos palcos brasileiros após dez anos. Os ingressos em Porto Alegre estão a venda por R$ 150 (mezanino) e R$ 200 (platéia).

2 comentários:

Robert Moura disse...

Não sabia que It’s Too Late e Do You Wanna Dance tinham sido sucesso só aqui.

ermilo disse...

E aí Dantonnnn. Não li nada, mas te considero. Abraço meu guri.