11 de março de 2009

Só depende de Stewart

Sem eles não existiriam Black Crowes ou Replacements. Mesmo com menor popularidade em relação aos Rolling Stones e The Who, os ingleses do The Faces marcaram seu nome na história com um blues-rock provocativo e apresentações bombásticas. Em 2009, esta magia poderá ser retomada.

É o que se espera após a divulgação de uma turnê com Rod Stewart (vocalista), Ron Wood (guitarrista) e Ian McLagan (tecladista), membros da formação original. O baixista Ronnie Lane, morto em 1997, seria substituído pelo chilli pepper Flea. A notícia chegou a ser desmentida por Stewart em janeiro. Dois meses depois, no entanto, McLagan tratou de devolver a esperança aos fãs ao dizer que a ideia é fazer alguns shows e gravá-los. Tudo depende da aprovação do vocalista.

Ao contrário de outros vovôs do rock, que insistem em retardar a aposentadoria, dinheiro não parece ser problema para os Faces. Rod Stewart sempre teve uma carreira-solo discutível, mas de muito sucesso – motivo, aliás, que contribuiu para a separação da banda em 1975. O guitarrista Ron Wood, por sua vez, conseguiu um emprego bem-sucedido em uma banda inglesa, um tal de Rolling Stones.

Em apenas seis anos de carreira (1969 a 1975), os Faces criaram uma sonoridade própria, calcada num rhythm and blues hipnotizante que influenciaria gerações de roqueiros – do punk rock até o britpop. A voz rouca de Stewart, os riffs insinuantes de Wood e o groove de McLagan resultaram numa das mais perfeitas equações do rock. Querer que o resultado seja o mesmo de 40 anos atrás é pedir demais. Mas não custa tentar.

Um comentário:

Millena Moderadora disse...

Parabéns pelo blog.
Criativo,inteligente e interessante.
Se puder,visite o meu.
TE CUIDA!!!
BOA QUARTA PRA TI!!!!