30 de abril de 2009

Clássico pixiano

Muito além de Here Comes You Man, os Pixies construíram uma das carreiras mais criativas e influentes do rock alternativo. Entre 1986 e 1993, o quarteto norte-americano foi responsável por uma obra marcada por letras surreais e inspiração punk/surf. Prova disso é o estrelado Doolittle, álbum que em abril completou 20 anos do seu lançamento.

Está certo, o grande hit da banda é uma bela canção. O riff de abertura e o refrão pegajoso deram aos Pixies uma fama inimaginável para uma banda do cenário independente. Mas a melodia alegre de Here Comes Your Man está bem longe do espírito presente em Doolittle – os próprios produtores consideravam a música uma anomalia dentro do repertório pixiano. Embora com mais peso e menos apelo pop, faixas como Debaser e Monkey Gone to Heaven, incluídas neste álbum, tornaram-se ícones do seu repertório.

Depois de Doolittle, os Pixies lançaram outros dois discos, ambos no formato independente. O sucesso nunca mais foi o mesmo, mas a influência permaneceu intacta. Sob a égide de Frack Black (vocalista e principal compositor) e companhia surgiram alguns dos nomes que hoje representam o que há de melhor no rock.

Um comentário:

мiмi ' disse...

aah :~
confesso que só conheço Here Comes Your Man do Pixies, mas me deu vontade de ouvir outras músicas. na vdd eu já ouvi uma outra, mas ele berrava que nem um louco, daí eu estanhei um pouco, hahaha
-
vim te avisar de um concurso de blogs...tem um link lá no meu blog, se vc se interessar passa lá...

;*