18 de julho de 2008

Diva mórbida

Amy Winehouse é mais do que uma grande cantora. Seu timbre sofisticado e a produção impecável de suas músicas fazem reviver a magia das grandes divas do soul (Aretha Franklin, Nina Simone, Diana Ross). Mas, como tudo na vida dessa cantora inglesa de 24 anos é intenso, sua escalada auto-destrutiva leva-a cada vez mais ao fundo de um poço sem saída. Se continuar abusando do álcool e das drogas, o álbum Back to Black (2006) poderá ter sido a sua última grande apresentação.

É no fim breve da inglesinha que apostam os visitantes do site http://www.whenwillamywinehousedie.com/ (em tradução literal, quando Amy Wihenouse vai morrer?). Para participar, basta responder hora, dia, mês e ano em que a cantora vai bater as botas e enviar uma mensagem de pré-condolência. Quem acertar, segundo o site, ganha um iPod Touch. Uma lamentável morte prematura não é difícil de prever, haja vista seu comportamento recente. Usuária de drogas pesadas e de destilados, Amy tem feito fiasco nos palcos por onde passa. É comum vê-la esquecer músicas ou com dificuldades para manter-se em pé. Veja a seguir alguns momentos desconcertantes de Amy.








6 comentários:

João disse...

humor negro esse site! jajajaj

Anônimo disse...

esse site q fizeram sobre amy é inesplicavel, porque a pessoa q fez não coloca a hora e dia q ela vai morrer...

Charles disse...

Sinal dos tempos.Amy Winehouse poderá ser lembrada daqui a 20 anos por tornar-se a primeira lenda a ter sua decandencia e morte sendo transmitidas quase que ao vivo pela tv e internet com cobertura total dos tablóides numa espécie de reality show de extremo mau gosto. Torço muito para que isto não ocorra. Os fãs não merecem, a música não merece e ela, principalmente, não merece. Um abraço e parabéns pelo conteúdo do blog.

Anônimo disse...

Não é de hoje que se especula a morte e a decadência de cantores/músicos e afins, não acredito que venha a surgir algo novo depois de back to black, sinceramente não pagaria para ver um show assim, avalia-se a possibilidade da amy fazer um show no Tim Festival 2008, se for pra ser assim espero que não faça show nenhum, atrasar cerca de 30 minutos um show e em decorrência disso todos os outros shows da sequência pra uma apresentação assim tão lamentável, mal dava pra aturar de tão péssima que tava a voz, sinceramente ela deveria considerar o rehab, amo ouvir amy, mas não iria a um show ao vivo. Como já te disse acho que ela e o Tim Maia tem muitas coisas em comum e logo logo o fato dos dois estarem mortos (será que eu ganho o ipod??? heheh)
beijusss

yeda priscila disse...

Não é de hoje que se especula a morte e a decadência de cantores/músicos e afins, não acredito que venha a surgir algo novo depois de back to black, sinceramente não pagaria para ver um show assim, avalia-se a possibilidade da amy fazer um show no Tim Festival 2008, se for pra ser assim espero que não faça show nenhum, atrasar cerca de 30 minutos um show e em decorrência disso todos os outros shows da sequência pra uma apresentação assim tão lamentável, mal dava pra aturar de tão péssima que tava a voz, sinceramente ela deveria considerar o rehab, amo ouvir amy, mas não iria a um show ao vivo. Como já te disse acho que ela e o Tim Maia tem muitas coisas em comum e logo logo o fato dos dois estarem mortos (será que eu ganho o ipod??? heheh)
beijusss

Elizabeth Maia disse...

Mórbido? Brincadeira! rs... Adorei o blog. voltarei! :)